Você já sentiu sabores e gostos misteriosos sem ter ingerido nada? Isso pode ser sinal de que existem seres e energias espirituais ao seu redor. Muitas pessoas podem sentir gosto de sangue na boca do nada sem saber o significado espiritual deste fenômeno. Neste artigo você aprenderá tudo sobre o assunto, confira!

Sentir gosto de sangue ou ferro na boca é sinal de mediunidade gustativa?

A mediunidade gustativa, também conhecida como mediunidade de sentir gostos, é uma das diversas formas de manifestação mediúnica que pode ocorrer.

Segundo a ótica espírita, os médiuns, que são pessoas dotadas de sensibilidade espiritual elevada sobre os espíritos desencarnados e energias que os cercam , podem receber impressões sensoriais relacionadas ao paladar, experimentando gostos e sabores distintos mesmo sem terem ingerido qualquer substância.

Allan Kardec, em sua obra “O Livro dos Médiuns”, aborda essa forma de mediunidade no capítulo dedicado às manifestações físicas. Ele descreve que, durante as comunicações mediúnicas, os espíritos podem influenciar o sistema nervoso do médium, transmitindo-lhe sensações gustativas.

Essas sensações podem variar desde gostos doces, amargos, ácidos, salgados até sabores específicos relacionados a alimentos ou substâncias particulares como o gosto de sangue ou ferro.

É importante ressaltar que, de acordo com o Espiritismo, a mediunidade é uma faculdade natural presente em diferentes graus em todas as pessoas. Entretanto, nem todos os indivíduos têm conhecimento ou desenvolvem essa habilidade mediúnica.

Aqueles que apresentam essa sensibilidade podem exercer um papel fundamental na comunicação entre o mundo material e espiritual, mediando as mensagens e as interações entre os dois planos.

Assim, a mediunidade gustativa é vista pelo Espiritismo como uma das múltiplas formas de comunicação entre os espíritos e os médiuns. É uma experiência que demanda estudo, reflexão e análise criteriosa para compreender a natureza e o propósito dessas manifestações mediúnicas, sempre com base nos princípios da codificação espírita.

Mas afinal, qual o significado espiritual de sentir gosto de sangue na boca?

Uma das explicações mais comuns para sentir gosto de sangue na boca é a presença de um espírito recém desencarnado próximo de vocÊ.
Este espírito pode ter morrido de forma violenta, tendo uma hemorragia que ceifou sua vida.

Desta forma, ele ainda carrega em seu corpo espiritual o forte gosto de sangue que sentiu em sua boca no momento do desencarne e você pode experimentar essa sensação quando esta entidade se aproximar.

No entanto, existem outros possíveis significados espirituais para sentir gosto de sangue ou ferro, confira:

  • Purificação e renovação espiritual: O sangue é frequentemente associado à purificação e renovação em muitas tradições espirituais. Sentir gosto de sangue na boca pode ser interpretado como um chamado para se livrar de padrões negativos e se purificar espiritualmente, abrindo espaço para o crescimento e a transformação.
  • Conexão com a ancestralidade: O sangue é considerado um vínculo com nossos antepassados e nossa linhagem familiar. Essa sensação pode sugerir uma conexão profunda com nossas raízes, uma lembrança simbólica de que carregamos em nós a herança espiritual e genética de nossos ancestrais.
  • Sacrifício e redenção: Em algumas tradições espirituais, o sangue está associado a sacrifícios e redenção. Sentir o gosto de sangue pode simbolizar a necessidade de abrir mão de algo em benefício de um propósito maior ou buscar a redenção por ações passadas.
  • Vitalidade e energia espiritual: O sangue é frequentemente relacionado à vitalidade e à energia vital. Sentir o gosto de sangue na boca pode representar um despertar espiritual, um aumento de energia e uma conexão mais profunda com a própria essência espiritual.
  • Transcendência da dualidade: Em algumas tradições espirituais, o sangue é visto como um símbolo da vida terrena e da dualidade. Sentir o gosto de sangue pode ser interpretado como um convite para transcender essa dualidade, buscar a união com o divino e elevar-se além das limitações do mundo material.

Conclusão

É importante lembrar que esses significados são apenas interpretações simbólicas subjetivas e cada indivíduo pode vivenciar essa experiência de forma única.

O contexto pessoal, as crenças individuais e a intuição são elementos fundamentais para compreender o verdadeiro significado espiritual desse e de todos os fenômenos mediúnicos pelos quais um médium pode passar em sua vida.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *