Você sabia que muitas pessoas sofrem com os sintomas físicos da mediunidade aflorada e nem desconfiam que são médiuns? Essas pessoas poderiam aliviar seu sofrimento se soubessem reconhecer estes sintomas e trabalhassem para equilibrar sua mediunidade.

Por isso, é preciso conhecer todos os sinais da mediunidade aberta a fim de se equilibrar e fazer uso desta linda e útil faculdade espiritual. Neste artigo você terá acesso a uma lista de sintomas e aprenderá tudo sobre o assunto, confira!

O que é mediunidade?

Mediunidade é uma faculdade que permite que uma pessoa seja intermediária entre os Espíritos e os encarnados.

Todo possuidor de mediunidade é chamado de médium. Médium é um intermediário entre o plano espiritual e o plano material.

O médium atua como uma mensageiro que traz percepções dos planos mais sutis para a realidade material grosseira.

Segundo Allan Kardec, todos são mais ou menos médiuns, variando apenas no grau e na forma como a sensibilidade espiritual se manifesta.

O que é mediunidade aflorada?

Mediunidade aflorada é uma condição em que a mediunidade de uma pessoa se torna tão poderosa que começa a se manifestar de forma evidente, gerando fenômenos notáveis e de grande potência.

O médium aflorado é aquele que experimenta o seu grande potencial mediúnico de uma forma bastante aberta. No entanto, nem todos os possuidores de mediunidade aflorada sabem que são médiuns.

Isto acontece porque muitas pessoas preferem negar a possibilidade da realidade espiritual por medo ou por pura falta de vontade de se comprometer com esta dimensão de realidade.

Então, a pessoa começa a racionalizar todas as suas experiências mediúnicas e as classifica como sonhos, devaneios, alucinações ou como puro resultado de alguma debilidade mental.

Porém, existem aqueles que não sabem que sua mediunidade está aflorada por razões legítimas.

Estas pessoas podem nunca ter ouvido falar em espiritualidade ou até mesmo podem ter crescido em um contexto religioso que negava a mediunidade ou que classificava ela como de origem demoníaca.

Então, a pessoa passa a experimentar diversos sintomas da mediunidade aflorada e não sabem o que fazer. Pensa que está louca ou que é atormentada pelo demônio.

No entanto, sua vida seria melhor e mais feliz se as pessoas soubessem que esta situação tem solução . Afinal, a mediunidade é uma benção divina e pode ser uma ótima ferramenta quando dominada e equilibrada.

Ter a mediunidade aflorada é ruim?

A mediunidade aflorada não é ruim por si só. Ela é um fenômeno lindo que faz parte de um despertar espiritual que pode levar a pessoa a um novo estado de consciência mais feliz e espiritualizado.

No entanto, a mediunidade é uma ferramenta desafiadora para quem não a compreende e domina. Assim, em desequilíbrio, ela pode ser fonte de muito sofrimento.

Porém, se for bem desenvolvida, pode se tornar fonte de muita alegria e progresso para a humanidade. A mediunidade é, antes de tudo, uma janela para que os seres humanos consigam perceber toda a Verdade oculta no invisível.

Afinal, quais são os sintomas da mediunidade aflorada?

O médium aflorado pode ter uma ampla gama de sintomas. Estes sintomas variam conforme a qualidade de sua mediunidade.

Existem médiuns que percebem os espíritos pela visão enquanto outros os percebem pela audição, olfato, tato e assim por diante.

No entanto, existem alguns sintomas que podem ser comuns para a maioria dos médiuns. Confira a lista a seguir:

Sintomas Gerais

  • Sonhos lúcidos e sonhos premonitórios
  • Intuições e premonições durante o estado de vigília
  • Sentir energias de pessoas e ambientes
  • Experimentar emoções que não são suas (emoções que vem do nada)
  • Ver imagens de Espíritos em sua tela mental
  • Perceber facilmente quando as pessoas estão mentindo
  • Captar pensamentos das pessoas
  • Ter conhecimento de coisas que ocorrem a distância
  • Interagir com espíritos

Sintomas físicos da mediunidade aflorada

  • Paralisias do sono e sonambulismo
  • Ver vultos, sentir, tocar, ver ou ouvir Espíritos
  • Sentir arrepios inexplicáveis
  • Sentir peso nas costas e no ombro
  • Sentir pontos quentes e frios pelo corpo
  • Incorporação de Espíritos
  • Sentir cheiros misteriosos que vem do nada
  • Movimento involuntário de membros
  • Tonturas, náuseas e dores de cabeça
  • Bocejos constantes
  • Suor frio nas mãos
  • Formigamentos

Todos estes sintomas são muito genéricos e podem estar presentes mesmo em médiuns que ainda não estão completamente aflorados. No entanto, eles são um bom indicativo de mediunidade aflorada.

Porém, se você sofre com algum dos itens listados acima, procure investigar a questão com uma ajuda médica especializada para eliminar eventuais causas orgânicas para o fenômeno.

Procure uma explicação espiritual somente após afastada esta hipótese.

Tenho mediunidade aflorada – o que fazer?

Um médium aflorado deve cuidar de seu interior. Procure estar sempre conectado com a espiritualidade mais elevada. Cuide dos seus pensamentos, palavras e ações, evitando se sintonizar com padrões de comportamento densos e negativos.

Por fim, estude a fundo a temática do mediunismo e procure um centro espiritual sério que trabalhe com a mediunidade. Neste local, você poderá desenvolver e equilibrar sua faculdade mediúnica com grande segurança e tranquilidade.

Categorias: Mediunidade